Estudantes da Famema reivindicam benefícios


 

Macarronada e colchões são símbolos do protesto que reuniu 100 alunos

 


PROTESTO- Estudantes da Famema fazem manifestação por melhorias na bolsa auxílio
Foto- Eduardo Marques


Os estudantes dos cursos de medicina e enfermagem da Famema (Faculdade de Medicina de Marília) realizaram no final manhã desta quarta feira uma manifestação em frente ao prédio da instituição. O protesto comandado pelo diretório acadêmico contou com a participação de 100 alunos.

A mobilização busca aumento na bolsa auxílio estudantil, que incorpora ajuda no transporte e alimentação, implantação do restaurante comunitário, aumento no número de bolsas e valores para os setores de monitoria. Além de auxilio transporte para universitários que realizam estágio fora da instituição e ainda moradia estudantil.

Como gesto de manifesto os alunos levaram até a faculdade diversos colchões e redes, simbolizando a necessidade de moradia. Outra atividade foi o preparo de macarronada para mostrar a necessidade da construção de restaurante.

Segundo o coordenador do diretório acadêmico e estudante do quarto ano de medicina, Iuri Barnabé, 27, a principal reivindicação é referente ao aumento nos valores da bolsa auxilio, hoje estimada em apenas R$ 100. No edital para inscrição ao beneficio o valor estipulado está em R$100 para alimentação e R$ 100 para transporte. Barnabé afirma que o número de vagas também é ilusório, sendo disponibilizadas apenas 16 bolsas, onde há 640 alunos matriculados.

“Muitos estudantes que fazem curso integral tem que trabalhar a noite para conseguir comer ou vim para faculdade”, disse.

 

Fonte: Diário de Marília

 



i7 Notícias
-->