PF invade prefeitura, casa e empresa da esposa do ex-chefe de gabinete de Marília



CORRUPÇÃO - PF invade prefeitura, casa e empresa da esposa de Nelsinho; paradeiro dele é desconhecido

 

 

A operação policial Dízimo foi deflagrada pela Polícia Federal em Marília e pelo Ministério Público (GAECO) nesta quinta-feira (24). A ação é fruto de investigações e objetiva cumprir nove mandados de busca e apreensão na cidade de Marília (SP) e um mandado na cidade de Bauru (SP).

O alvo da operação é Nelson Virgílio Grancieri, afastado judicialmente de suas funções, ex-chefe de Gabinete e ex-Secretário da Fazenda de Marília (SP) da gestão do atual Prefeito Mário bulgareli.

Mais de 40 policiais estão envolvidos na Operação, que objetiva a coleta de mais elementos para comprovação das atividades de Grancieri referente aos crimes de concussão e corrupção, ao longo de sua atuação no Poder Executivo de Marília, nos últimos anos. Estão sendo alvos das buscas a Prefeitura Municipal de Marília (incluindo os gabinetes no Poder Executivo local) e também as residências dos investigados/envolvidos no esquema, bem como empresas ligadas ou de propriedade de Nelsinho ou sua esposa, onde se investiga o emprego de recursos públicos indiciariamente utilizados nas empresas privadas afeitas.

Também estão sendo alvo das buscas um jornal semanário bancado pela prefeitura em nome do suspeito Mauricio Machado e também na residência dele na zona oeste.

O GAECO, por meio de sua comunicação social, expedirá nota conjunta com a Polícia Federal, afeita a investigação desenvolvida, ao longo da tarde de hoje (24/11).

Fonte: Jornal Diário de Marília

 



i7 Notícias
-->