Prefeito se encontra com Ministro Fernando Haddad



Ministro afirma que processo da Funge receberá apreciação técnica.


O prefeito municipal de Paraguaçu Paulista, dr. Ediney Taveira Queiróz, esteve, no sábado, dia 26 de junho, no aeroporto de Assis, onde foi se encontrar com o Ministro da Educação, Fernando Haddad, em visita à região.

Na oportunidade o prefeito Ediney se fez acompanhar pelos seus assessores, o Chefe de Gabinete da prefeitura, Eduardo Celso Cação e Jathir Ramos Vieira, da diretoria da Fundação Gammom de Ensino, entidade que mantém a Esapp e a Facig.

O Ministro afirmou, logo que desceu do avião e foi recebido pelo prefeito Ediney e demais presentes, que estava em Assis mais para ouvir do que para falar e gostaria de corrigir um erro das pessoas: “Quando se fala em federalização de alguma coisa se comete um erro, pois isso é impossível. Para se ingressar numa universidade federal, seja como funcionário, docente ou aluno, só através de concurso público, ou seja, não existe como federalizar uma faculdade do portão para dentro.” – afirmou o Ministro.

O prefeito, que esteve em Brasília, através de intermediação do deputado federal Aldo Rebelo, e conversou com o Ministro Haddad em seu gabinete, reafirmou o interesse a prefeitura, da cidade e da região em receber a instalação de uma universidade federal para graduação superior, formação técnica e tecnológica dos profissionais do Vale do Paranapanema. “Viemos aqui em Assis reafirmar nosso pedido, feito desde Brasília, ao Ministro para que pense com carinho numa instalação federal desse nível em nossa região e, para tanto, estamos disponibilizando todo o patrimônio da Funge e o que mais for preciso para viabilizar nossa proposta” – afirmou o prefeito Ediney.

Em sua visita á Assis o Ministro Haddad confirmou que a região foi desprezada pelo Governo Federal no que diz respeito às instituições de ensino superior, mas que isso será resolvido, principalmente neste ano onde se começa a debater o Plano Decenal da Educação (2011 à 2020). “Tenho outras propostas recebidas aqui da região e já vou determinar ao reitor da Universidade Federal que proceda um estudo técnico avalie e, na medida do possível, viabilize a ou as propostas da região. O que se pode fazer já é federalizar o patrimônio existente e disponível para facilitar a instalação federal aqui e, a partir daí, iniciar os outros processos que irão dotar a região dessas instalações” – afirmou o Ministro Haddad.


i7 Notícias i7 Notícias