Cachorro morre ao tentar salvar dono de ataque de sucuri 

Filhote pulou na água para ajudar o dono, mas morreu asfixiado pela sucuri.



Com a força dos movimentos da cobra, o filhote Nino não resistiu 
e morreu — Foto: Rodrigo Malzoni de Souza/Arquivo pessoal

Um médico veterinário, proprietário de uma fazenda em Lins, passou um grande susto e tristeza ao ver o próprio cachorro ser morto por uma cobra enquanto tentava salvá-lo de um ataque.

Rodrigo Malzoni de Souza, de 32 anos, relatou que foi passear com os seis cachorros, dois adultos e quatro filhotes, no açude da fazenda, no dia 22 de dezembro, quando se sentou na beira e viu algo pulando de dentro para fora.

No momento do ocorrido, Rodrigo estava ao telefone com a caseira e, com o susto, caiu com uma das pernas dentro do açude, onde estava a sucuri. Ao perceber que uma cobra estava se enrolando na perna dele, Rodrigo gritou, o que fez com que a caseira escutasse e prestasse socorro.

"A sucuri começou a se enrolar na minha perna, mas eu estava de bota. Então, tirei o calçado e consegui me desvencilhar da cobra", lembra.

Entretanto, antes que Rodrigo pudesse compreender o que acontecia, já que ficou assustado, um dos filhotes pulou na água para tentar salvar o dono. Neste instante, a sucuri se soltou da perna do homem e atacou o cachorro.

Com a força dos movimentos da cobra, Nino não resistiu e acabou morrendo asfixiado. "Eu não tive como salvar o Nino, foi muito rápido e eu não esperava que ele fosse pular. A gente sabe que o cachorro ama o tutor, mas eu tive a prova naquele dia", contou.


i7 Notícias i7 Notícias